Plataforma 15 de Outubro convoca para hoje manifestação contra o FMI e a Troika

Plataforma 15 de Outubro convoca para hoje manifestação contra o FMI e a Troika

30-01-2013

A Plataforma 15 de Outubro (criada para a manifestação internacional de 2011) convocou uma manifestação para quarta-feira, 30 de Janeiro às 18 horas, frente à sede do FMI em Lisboa, sob o lema «Vem ao FMI mostrar quem manda aqui!».

Apela a que «o povo, trabalhadores e trabalhadoras, volte a sair a rua para dizer basta!» no seguimento de um longo ano de lutas contra o Governo de Passos e Portas. «Não podemos dar tréguas a um Governo que para governar tem de pedir autorização à Troika», dizem, e por isso exigem a queda do Governo: «É preciso continuarmos a sair à rua para que o Governo caia de vez».

Em comunicado expõem as razões que motivam este protesto: «Depois da aprovação de um orçamento de Estado que irá condenar milhares de pessoas à fome e à miséria, o FMI avança com mais um conjunto de recomendações que consistem em mais despedimentos, cortes nos salários, cortes na saúde e cortes na educação. O Governo de Passos Coelho e Paulo Portas parece decidido em cumprir à risca as orientações do FMI, e em lançar o país na mais profunda das misérias enquanto vai salvando banco atrás de banco: agora é o BANIF». 

Lançam as perguntas: «Mas afinal quem é que manda aqui? O FMI? Quem é que decide os salários? Os banqueiros?» E concluem com as palavras de ordem: «Basta! Está na hora de mandar o Governo e o FMI daqui para fora».

A sede do FMI (Fundo Monetário Internacional) fica na Avenida da República, nº 57, em Lisboa.

O evento está marcado no Facebook e conta já com mais de 700 adesões. Mas «como a divulgação só pelo Facebook não chega», o movimento pede aos interessados que ajudem a divulgar este evento, imprimindo e distribuindo o folheto a preto e branco: «Deixem num café, numa junta de freguesia, no pára-brisas dos carros, no metro, onde quiserem».

Fontes
Editores: 
Artigo baseado em informação proveniente de movimentos sociais.
Secção: 
Etiquetas: