Error message

  • Notice: Undefined index: zen in drupal_theme_initialize() (line 100 of /home/s000264/public_html/includes/theme.inc).
  • Notice: Trying to get property of non-object in _drupal_theme_initialize() (line 145 of /home/s000264/public_html/includes/theme.inc).
  • Notice: Trying to get property of non-object in _theme_load_registry() (line 334 of /home/s000264/public_html/includes/theme.inc).
  • Notice: Undefined index: zen in theme_get_setting() (line 1414 of /home/s000264/public_html/includes/theme.inc).

notícia

Greve na CP: as razões dos trabalhadores

06-12-2012

Foi total a adesão dos trabalhadores à greve da CP, no passado dia 1 de Dezembro. A greve às horas extraordinárias prolonga-se até 2 de Janeiro de 2013. Os trabalhadores protestam contra a redução para metade no pagamento de horas de extraordinárias, ou seja, 1,80 euros por hora em média, e contra a gestão danosa da CP. O Sindicato dos Maquinistas veio entretanto prestar esclarecimento à população sobre as verdadeiras causas da supressão de comboios, que atribuem a uma «guerra laboral» por parte da administração da empresa.

Posição Pública da Associação Comercial do Porto sobre os portos nacionais

Cópia de comunicado da Associação Comercial do Porto, 01/12/2012, a propósito do porto de Leixões e dos planos governamentais para o sector.

Vigília da restauração contra o IVA a 23%

04-12-2012

Conforme tinha sido anunciado pelo Movimento Nacional Empresarial da Restauração (MNER), no dia 27 de Novembro de 2012 trabalhadores e empresários do sector da restauração uniram-se, junto à Assembleia da República, em Lisboa, para protestarem contra o IVA na restauração, que se encontra a 23%. Foi realizada uma vigília, durante toda a noite, que encerrou uma semana de protestos, iniciada no dia 19, com o Dia sem Restauração.

Nasceu um novo "jornal crítico": o Mapa

02-12-2012

Saiu o número zero do «Mapa - Jornal de informação crítica», com uma tiragem de 3000 exemplares e distribuição gratuita, «para ler, partilhar, oferecer ou largar nos transportes públicos, nas escolas, nas feiras, nas manifestações, na cidade ou no campo». Este «projecto de comunicação que nasce em tempos de crise» quer ser uma alternativa à informação de massas, cujo principal objectivo é «a criação de uma cultura de medo e a fabricação de opiniões». Assim, «sob a forma de jornal, publicam-se e difundem-se notícias, reportagens, entrevistas, análises, fotografias e ilustrações que sejam um contributo para ultrapassar o tal sistema económico e social baseado no dinheiro, no poder, na dominação e na exploração». O número zero impresso é datado de Novembro/Dezembro 2012, mas o Mapa pode ser também consultado online em www.jornalcritico.info

Estivadores europeus juntam-se à manifestação de dia 29 em Lisboa

28-11-2012

Amanhã, dia 29/11/2012, o parlamento vota uma proposta governamental de novo regime jurídico do trabalho portuário. Os estivadores respondem com uma manifestação que arranca da Praça do Município, em Lisboa, às 13h, e segue em direcção ao parlamento.
Participam nesta manifestação centenas de estivadores vindos de Espanha, França, Dinamarca, Suécia e Bélgica.
Recordamos neste artigo algumas das razões que opõem os estivadores ao Governo, há mais de ano e meio.

Uma semana de protestos

28-11-2012

Manifestações da semana: moradores despejados na Amadora; doentes de esclerose múltipla no Porto; protesto da Polícia Judiciária; estudantes do superior em luta em Lisboa e Coimbra; vigília do Sindicato de Polícia; acções contra a violência contra as mulheres; milhares de manifestantes - em S. Bento e em Belém - contra o orçamento de Estado aprovado. 

Bombeiros profissionais protestam em Lisboa e marcam greve para dia 27 de Novembro

20-11-2012

Cerca de mil bombeiros profissionais de todo o país manifestaram-se esta terça-feira, dia 20 de Novembro, em Lisboa para exigir ao Governo o reconhecimento da classe e para reivindicar o reforço de efectivos nas corporações profissionais. Com greve marcada para 27 de Novembro, rejeitam os cortes e o cancelamento dos ingressos e progressões na carreira. E alertam que “o socorro é deficiente” nalgumas cidades.

Demolições violentas a ocorrer na Amadora, Bairro de Santa Filomena

19-11-2012

A Câmara Municipal da Amadora enviou hoje um batalhão policial para o Bairro de Santa Filomena e continua a desalojar para a rua sem qualquer alternativa para as famílias que aí vivem. No grupo hoje desalojado há pessoas idosas, há pessoas com problemas graves de saúde, há crianças. A Comissão de Moradores do Bairro e o Colectivo Habita condenam as demolições sem alternativas e vão denunciar e lutar contra o que consideram um atentado contra a vida humana. "A Câmara da Amadora mente quando diz que analisou e ofereceu alternativas às famílias. A única alternativa que ofereceu foi a rua, a bem ou a mal."

Movimento Empresarial anuncia «Dia sem Restauração»

17-11-2012

O Movimento Nacional Empresarial da Restauração (MNER) vai avançar com uma Semana de Protesto de 19 a 27 Novembro 2012. A semana de protesto arranca com no dia 19 com o «Dia sem Restauração», na véspera do debate decisivo sobre o IVA na Restauração. Ao longo dessa semana o MNER e seus membros nacionais vão realizar centenas de acções de protesto. Considerando que o Orçamento de Estado (OE) ainda poderá ser alterado na especialidade, esta acção pretende alertar Governo e Deputados para a importância de se alterar a taxa de IVA na Restauração para o próximo ano. A Semana de Protesto termina dia 27 de Novembro, dia da votação final do OE.

Amnistia Internacional condena uso excessivo e desproporcional da força contra manifestantes

15-11-2012

A Amnistia Internacional condena o uso excessivo e desproporcional da força por parte da Polícia de Segurança Pública (PSP) contra manifestantes que pacificamente exerciam o seu legítimo direito de protesto, em frente à Assembleia da República, em Lisboa, no decurso da greve geral de ontem, 14 de Novembro 2012. Com base em testemunhos recolhidos pela Amnistia Internacional Portugal e informação obtida junto de meios de comunicação social e através das redes sociais, a Amnistia Internacional pede ao Ministro da Administração Interna que ordene a abertura de um inquérito às circunstâncias em que decorreu a actuação das forças de segurança.

Pages

Subscribe to RSS - notícia